Carros voadores

Empresas brasileiras como a Embraer e Azul – Linhas Aéreas Brasileiras resolveram entrar de cabeça na disputa pelo desenvolvimento de “carros voadores” elétricos, mas essa corrida esbarra na falta de regras para a circulação deles. As companhias dizem que eles estarão prontos para decolar em quatro ou cinco anos. Há mais de 140 projetos desse tipo no mundo. Azul quer operá-los no Brasil a partir de 2025 para voos curtos, como entre São Paulo e Guarujá ou Rio e Paraty. Para especialistas, a regulamentação que será feita para a entrada em operação desses veículos deve favorecer as empresas com projetos mais avançados. Quem chega agora já está em desvantagem. […][‘Carros voadores’ prometem tomar os céus a partir de 2025, mas ainda não há regras para essa nova forma de viajar]
Los aterrizajes y despegues pueden ser verticales gracias a los motores de punta de ala. No todos los coches voladores necesitan pistas de aterrizaje para despegar. […][https://caixetaautopecas.com.br/carro-voador-capaz-de-decolar-e-pousar-como-helicoptero-e-registrado-no-brasil/]
ESPECIAL: OS CARROS VOADORES PODEM SAIR DO CHÃO MUITO EM BREVE
NOVA ONDA: CARROS VOADORES TENTAM DECOLAR NO SALÃO DE GENEBRA
LUXO AÉREO: ROLLS-ROYCE CRIA CARRO VOADOR QUE ATINGE 400 KM/H

AERO MOBIL 5.0

Como funcionará na prática

Quando os eVTOLs chegarão ao mercado?

Há empresas que esperam lançar seus “carros voadores” a partir de 2023. Outras trabalham com prazos para o início da próxima década. De acordo com a consultoria Porsche Consulting, em 2035 são esperados 23 mil eVTOLs nos céus do mundo.

Dá para guardar um eVTOL na garagem?

Seria possível, mas o transporte até as áreas de decolagem e pouso seria um desafio, principalmente no caso de garagens no subsolo. Uma solução seria o carro ter dois módulos, aéreo e terrestre.

O eVTOL pode ser usado também como automóvel?

Embora as empresas trabalhem com o conceito de táxi aéreo para o eVTOL, há possibilidade de desenvolvimento para que esse tipo de veículo também seja usado como carro. De acordo com o presidente da SAE Brasil, Camilo Adas, isso é possível com o uso de uma estrutura modular. O veículo ficaria, dependendo da demanda, fixado na base da hélice ou na das rodas.

É preciso habilitação especial para conduzir um eVTOL?

Ainda não há legislação específica para essa questão, mas a tendência é que seja necessária habilitação como a de pilotos de helicópteros. Porém, a ideia é que o eVTOL seja autônomo. Com isso, dispensaria habilitação especial, pois não haveria necessidade de pilotagem humana.

Quanto custará uma viagem de eVTOL em serviços de transporte como Uber?

De acordo com a Uber, muitos anos após o lançamento, quando o eVTOL já for uma solução de grande escala, uma viagem de Uber Elevate (braço da companhia que trabalha no desenvolvimento do eVTOL) custará o mesmo que uma corrida de UberX de mesma distância.

Como serão as áreas de pouso e decolagem do eVTOL?

Parcerias como as firmadas pela Uber com empresas de desenvolvimento urbano e do ramo imobiliário prevê criação de áreas de pouso e decolagem em edifícios, ou quarteirões. O objetivo é que essas áreas funcionem como marinas de barcos. […][https://www.uol.com.br/carros/reportagens-especiais/transporte-do-futuro-carros-voadores/#page7]

azul

Carros voadores terão preço de veículos de luxo e poderão …
Carro voador capaz de decolar e pousar como helicóptero é registrado no Brasil
Revista Autoesporte



Leave a Comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

*