Más de 715 muertos en Brasil

Chuva dá trégua na manhã desta quarta-feira na Região Serrana

Bombeiros e voluntários aproveitam o bom tempo desta quarta-feira para intensificar limpeza das ruas e socorro às vítimas das localidades arrasadas pelas enchentes,
que matou mais de 715 pessoas até o momento. Dados preliminares do Governo do Estado estimam um prejuízo de R$ 6 milhões para os produtores rurais dos municípios

brasil

As chuvas voltaram a dar uma trégua à Região Serrana na manhã desta quarta-feira. Com isso, autoridades responsáveis pelos municípios de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo devem intensificar os trabalhos de limpeza e resgate de vítimas. Até o momento, o número de mortos na maior tragédia natural do Brasil já passa de 715.

Voltou a chover forte nesta terça-feira no Centro de Petrópolis, o que assustou muitos moradores. Três pequenos deslizamentos de terra foram registrados pela Prefeitura no Centro e nos bairros Vila Militar e Bingen, fora da área de Itaipava.

brasil2

De acordo com a Defesa Civil, em aproximadamente uma hora, 80 mm de chuva caíram sobre Petrópolis na quarta-feira. Mesmo assim, engenheiros do órgão e bombeiros fizeram vistorias em todos os locais afetados e em áreas de difícil acesso, especialmente no Vale do Cuibá e na localidade de Brejal.
De acordo com informações divulgadas pelos municípios, Nova Friburgo registrou a morte de 335 pessoas, Teresópolis 285, Petrópoles 62, 22 em Sumidouro, 6 em São José do Vale do Rio Preto e 1 em Bom Jardim.

 

Produtores rurais e Prefeitura de Petrópolis se reunem para recuperar perdas
A prefeitura de Petrópolis se reúne com produtores rurais do município, nesta quarta-feira, para avaliar medidas que ajudem a compensar as perdas e a recuperar as lavouras ou criações de animais. O órgão quer prorrogar os prazos de pagamentos de empréstimos e até mesmo perdoar dívidas em bancos públicos.
[…] [POR MARCIO REIS/odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/1/chuva_da_tregua_na_manha_desta_quarta_feira_na_regiao_serrana]

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*